Tag: Positivo na Lata


Fotografias da vida

25

nov 2015

Fotografias da vida

Exposição feita por jovens soropositivos abrirá o Dia Mundial de Combate ao HIV/AIDS, no Museu da República. No mesmo dia, parte do trabalho estará na Estação Central do Metrô-DF. O trabalho é o resultado das aulas de capacitação profissional em fotografia que o Instituto Bogéa de Educação e Música (IBEM), com o patrocínio da Caixa Seguradora, possibilitou a 100 jovens e adultos vivendo e convivendo com HIV/AIDS. São jovens de Brasília, do Rio de Janeiro e Belo Horizonte.


A luz da inclusão

06

out 2015

A luz da inclusão

Jovens do ‘Positivo na Lata’ embarcam nos trens do Metrô-DF para registrar a vida além do que os olhos contam. O projeto, que ocorre simultaneamente em Brasília, Belo Horizonte e no Rio de Janeiro, vai capacitar 90 deles para o ofício da fotografia. As imagens registradas vão integrar uma grande exposição, em 1º de dezembro, Dia Mundial de Combate à Aids, no Museu Nacional da República.


Crianças e adolescentes terão aulas de fotografia no Metrô

11

set 2015

Crianças e adolescentes terão aulas de fotografia no Metrô

O projeto ‘Positivo na Lata’, lançado no dia 1º de junho deste ano, em audiência pública na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), inicia, nesta segunda-feira (14), uma série de oficinas de fotografia para crianças e adolescentes filhos de pessoas soropositivas. A ideia é utilizar a arte de fotografar como uma ferramenta de inclusão social e tentar inserir jovens profissionais no mercado de trabalho. Ao todo, cerca de 90 jovens receberão capacitação em fotografia por meio desse projeto, que acontece em Brasília, Belo Horizonte e no Rio de Janeiro.


Crianças de Brasília conhecem o Projeto Positivo na Lata, no lançamento, em 1º de junho

25

ago 2015

Crianças e adolescentes terão aulas de fotografia no Metrô de Brasília

O projeto ‘Positivo na Lata’ inicia, no próximo dia 30, uma série de oficinas de fotografia para crianças e adolescentes filhos de pessoas soropositivas. A ideia é utilizar a arte de fotografar como uma ferramenta de inclusão social e tentar inserir jovens profissionais no mercado de trabalho. O projeto foi lançado no dia 1º de junho deste ano, em audiência pública na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).