agarioagario - betebetyeniadres.combetvoletipobet

Metrô-DF autoriza teletrabalho integral para a área administrativa e mantém medidas adicionais

Metrô-DF autoriza teletrabalho integral para a área administrativa e mantém medidas adicionais
21 mar 2020

Teletrabalho em tempo integral para os empregados das áreas administrativas segue o que determina o Decreto Nº. 40.546, de 20 de março de 2020

A Diretoria Colegiada da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) autorizou, a partir desta sexta-feira (20/3), o teletrabalho integral para os empregados lotados nas áreas administrativas da Companhia, em caráter excepcional e provisório. A medida seguiu o disposto no Decreto Nº. 40.546, de 20 de março de 2020, que estabelece Teletrabalho em caráter excepcional e provisório, para os Órgãos da Administração Publica Direta, Indireta, Autárquica e Fundacional do Distrito Federal e vale até quando vigorar o referido Decreto.

A decisão também aprovou as medidas adiante mencionadas, assim como a manutenção de outras medidas que já se encontram em andamento quanto contaminação e proliferação do coronavírus Covid-19, apresentadas pelo Grupo de Trabalho Especial, composto por empregados da Companhia, SindMetrô, Asmetrô e CIPA de forma a preservar a continuidade dos serviços prestados à população e a preservação da saúde dos empregados.

MEDIDAS GERAIS DE PRECAUÇÃO AO CORONAVÍRUS COVID-19:

1. Restringir, ao máximo, a convocação de reuniões. No caso de necessidade inadiável de reunião, prioriza-se a audioconferência;
2. Restringir viagens a serviço, prevista na norma da empresa;
3. Manter no ambiente de trabalho, as janelas e portas abertas, evitar que as mesas de trabalho estejam muito próximas, dispensar o uso de ar condicionado se possível;
4. Os empregados que apresentarem algum sintoma do vírus, como tosse, dificuldade respiratória ou febre, deverão procurar assistência médica através do número (61) 99221 9439, disponibilizado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal e comunicar a Chefia imediata;
5. A Chefia imediata deverá comunicar a ARHS os casos suspeitos/confirmados via SEI (processo sigiloso);
6. Nesse período também ficam suspensas as Visitas Guiadas e o Projeto Educação nos trilhos, assim como todos os treinamentos aos empregados da Companhia;
7. Os Jovens Aprendizes e Estagiários, ficarão dispensados do trabalho até quando vigorar o Decreto nº. 40.546, de 20 de março de 2020.

MEDIDAS RELACIONADAS AO DECRETO:
1. Teletrabalho integral para os empregados da área administrava;
2. Os empregados da Operação e pronto restabelecimento da manutenção, classificados no seguinte grupo de risco: (portadores de doenças respiratórias crônicas ou cardiopatas graves, devidamente comprovadas por atestado médico, gestantes, pai de nascituros, empregados com filhos menores de 1(um) ano de idade, empregados com mais de 60 (sessenta) anos, empregados com doenças autoimunes, empregados que residirem com pessoas com mais de 70 (setenta) anos e pais de criançascom doenças autoimunes, em todas as hipóteses, mediante a devida comprovação), deverão ser dispensados, sem compensação posterior; 3. Todos os empregados em condição de teletrabalho poderão ser convocados a comparecer à empresa a qualquer momento;
4. Os casos omissos ou controversos serão discudos pelo Grupo de Trabalho Especial e, se necessário, submetidos à Diretoria Colegiada.

Adicionalmente, a Diretoria Colegiada determina que quem retornar de viagem dos países definidos como de risco pela lista atualizada pela OMS, deverá ficar afastado de suas atividades para cumprir quarentena obrigatória de 14 dias.

Fica revogada a Decisão editada na 127ª Reunião Extraordinária da Diretoria Colegiada, realizada no dia 13/03/2020.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>