Em busca da qualidade do sistema

Em busca da qualidade do sistema
13 jul 2016

Trabalho da equipe de Manutenção da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) é selecionado para a 22ª  Semana de Tecnologia Metroferroviária, que será realizada em São Paulo, de 13 a 16 de setembro. Engenheiro Marcos Coto, um dos autores, representará o departamento

Texto: Marcelo Abreu/Ascom/Metrô-DF

Foto: Paulo Barros/Ascom/Metrô-DF

(Brasília, 27/06/2016) - Os recém-casados deixaram São Paulo e partiram para Brasília, no dia seguinte à festa de casamento. Não, eles não vieram passar a lua de mel na terra de JK. Chegaram à cidade completamente estranha. Aqui, a primeira missão, em pleno início de casamento: partiram para limpar o apartamento em Águas Claras onde morariam. Vassoura e balde foram os fiéis companheiros.

O engenheiro mecânico Marco Tadeu Coto Silva, formado pela Unesp de Guaratinguetá e pós-graduado em Telecomunicações pela Universidade Federal de Goiás (UFG), veio assumir o cargo no concurso do Metrô, no qual foi aprovado em 10º lugar. Vida nova. Tudo novo. “Comecei a trabalhar quando os trens da série 2000 estavam chegando. Foi um período em que fui muito a São Paulo. E via minha mulher, que havia ficado lá”, conta ele.

No ano seguinte, a mulher mudou-se para Brasília. Marco Tadeu seguiu na empresa. Tempos depois, nasceu Lisa, a primeira filha do casal. O tempo insistiu em andar. Lisa está com dois anos. E a família gosta cada vez mais Brasília.

Seis anos depois, o engenheiro mecânico, aos 34, tem seu trabalho selecionado na 22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária da Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Metrô (AEAMESP-SP) em parceria com a Associação Nacional dos Transportadores sobre Trilhos (ANPTrilhos) e Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Tecnologia e resultados
O trabalho apresentado por Marcos e equipe, lotado na assessoria do Departamento de Manutenção, teve como objetivo definir o conceito global, baseado na importância operacional e estratégias de manutenção, para a construção da estruturação funcional e o cadastramento de equipamentos dos sistemas metroferroviário em software de gerenciamento da manutenção.

Não entendeu? O engenheiro Marcos Coto explica: “A estruturação funcional e o cadastramento de equipamentos são fundamentais para o desenvolvimento e à aplicação dos conceitos de Engenharia de Manutenção. É preciso redefinir os conceitos de material rodante e, assim, ter o controle de falhas e prever quando haverá essas falhas”. E complementa: “É a base para redefinir todo o sistema, manutenção estratégica de mais de 6 mil equipamentos cadastrados, analisar um por um e readequar ao novo modelo”.

Valorização de gente
Esse novo modelo a que Marcos Coto se refere abrange também os setores de energia, telecomunicações, ventilação., edificações. No material rodante, segundo ele, em dois meses, o novo sistema estará pronto.
O engenheiro mecânico diz estar feliz com os novos rumos do Metrô-DF. “O trabalho aqui, até pelas dificuldades, torna-se mais criativo. Você precisa desenvolver mais habilidades. E essa gestão prima pela valorização do funcionário. Mas a realização total será quando toda a manutenção estiver nas nossas maõs”, ele avalia.

A 22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária – que tem como finalidade estimular o desenvolvimento do setor de transportes de passageiros sobre trilhos e contribuir para promover o desenvolvimento tecnológico, o aprimoramento das políticas públicas e capacitação técnica dos profissionais – será realizada de 13 a 16 de setembro, em São Paulo. E lá estará o trabalho de Marcos Coto disputando com vários outros profissionais de outros estados.

E ele está otimista. Pelo menos sabe que fez o que melhor sabe. Junto, uma defesa escrita do trabalho, em 40 laudas. A torcida é grande. Para driblar a tensão do trabalho diário, Marcos Coto é o vocalista da Banda Via Singela, composta por funcionários do Metrô. Rock and Roll total. Na veia. Afinal, nem só de material rodante vive a humanidade. Sobe o som, garoto.

 

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>