Pesquisa sobre mobilidade urbana no DF definirá ações para os próximos 20 anos

07 abr 2016

Levantamento será feito em 20 mil residências em todas as regiões administrativas e servirá para definir os corredores de transporte público para a população

Texto: Fabíola Gois/Ascom/Metrô-DF
Foto: Asley Ribeiro/Ascom/Metrô-DF

(Brasília, 7/4/2016) – A Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) anunciou, nesta quinta-feira (7), às 11h, na sede da empresa, em Águas Claras, a Pesquisa de Mobilidade Urbana do DF (PMU), que fornecerá dados para todos os atores envolvidos com o planejamento do sistema de transporte público, como metrô, ônibus e trem regional. Serão entrevistados 50 mil moradores em 20 mil residências de todas as regiões administrativas até setembro deste ano. O resultado da PMU vai direcionar a elaboração do Plano de Desenvolvimento do Transporte Público Sobre Trilhos do Distrito Federal (PDTT/DF).

É a primeira vez que uma Unidade da Federação desenvolve um plano de desenvolvimento voltado para o trilho. Trata-se do mais abrangente levantamento de informações de mobilidade realizado até hoje no DF. Serão coletos dados socioeconômicos, deslocamentos e as características de cada morador da residência. As entrevistas serão feitas nas áreas urbanas, em todas as regiões administrativas, de terça a sábado.

Esta é a segunda fase da pesquisa. A primeira começou em setembro do ano passado e se limitou a entrevistar passageiros e motoristas de automóveis, motos e caminhões e 79 pontos de bloqueio em 29 vias do DF e 7 pontos de acesso entre o DF e Goiás. Agora, o foco é domiciliar, alcançando todos os moradores das cidades do DF até setembro deste ano. O diagnóstico será entregue ao Metrô em julho de 2017.

A pesquisa permite conhecer o padrão de deslocamento da população e, assim, nortear decisões e priorizar projetos que tragam maior benefício para a mobilidade do DF. “Com os estudos, será possível definir os corredores de transporte público que atendam às necessidades de deslocamento e melhorar a qualidade de vida dos moradores do DF e do Entorno”, afirmou o presidente do Metrô-DF, Marcelo Dourado.

O gerente de Projetos do Consórcio PDTT, German Freiberg, que ganhou a licitação para a elaboração do PDTT, exemplificou como será a abordagem com os entrevistados. “Queremos saber qual o médio de transporte que cada morador usa para chegar ao trabalho, à escola, quanto tempo gasta e qual a frequência desse deslocamento”, disse.

Levantamento realizado no Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade do DF (PDTU) em 2010 indica que 40% das viagens originadas no DF tinham como destino a região de Brasília. E o crescimento da frota veicular foi de 75% entre 2001 e 2009. Além disso, mais da metade das viagens motorizadas realizadas foram realizadas em automóvel.

Os pesquisadores estarão uniformizados com colete e boné e identificados com crachá com nome e número da identidade. Os interessados poderão obter mais informações ao acessar o site www.pmudf.com.br e ligar para a Central de Atendimento da Pesquisa de Mobilidade Urbana do Distrito Federal (0800-738-4818), de segunda a sexta, das 9h às 17h. As ligações são gratuitas. Os canais da Ouvidoria e o Whatsapp (61-9220 0176) do Metrô-DF também servirão como canais à população para a busca de informações e esclarecimento de dúvidas.

Mais informações:
Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF)
E-mail: imprensa.metrodf@gmail.com
Telefone: (61) 3353-7077/9285-7346

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>