Combate à discriminação racial será comemorado no Metrô-DF

Combate à discriminação racial será comemorado no Metrô-DF
18 mar 2016

 Estação Central será palco de diversas ações, nesta segunda-feira (21/3), que celebram o Dia Internacional de Combate à Discriminação Racial

Texto: Fabíola Góis/Ascom/Metrô-DF
Foto: Divulgação/Grupo de Capoeira Raízes do Brasil

(Brasília, 18/03/2016) - Na próxima segunda-feira (21/3), Dia Internacional de Combate à Discriminação Racial, a Estação Central do Metrô-DF se transformará em um palco de defesa da igualdade entre as raças. Estão previstas ações que resgatam a luta contra a discriminação racial e celebram a data, criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para lembrar o massacre, em 1960, na cidade de Joanesburgo (África do Sul), quando a polícia do regime do apartheid abriu fogo contra um grupo de 20 mil pessoas, deixando 69 mortos e 186 feridos.

Ao meio-dia, haverá a assinatura do Termo de Cooperação entre a Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Semidh) e o Metrô-DF para capacitação dos empregados na temática igualdade racial.

Das 11h às 12h, os seletores Biofá e Antony C, do Grupo UPRETO Soundsystem farão apresentação musical. Os seletores, no movimento Soundsystem, que surgiu na Jamaica entre as décadas de 1940 e 1950, são aqueles que escolhem as músicas. Os DJs cantam. O UPRETRO Soundsystem leva mensagens que priorizam temas como o combate ao racismo e a escravidão.

Das 12h30 às 13h, haverá apresentação do Grupo do Centro Cultural de Capoeira Raízes do Brasil, que reúne praticantes dentro e fora do País e com sede em Brasília, visando o respeito à diversidade de raças, entre outros princípios, por meio da difusão democrática da cultura da capoeira e demais tradições afro-brasileiras.

Das 13h às 14h será a vez do Grupo Musical Turbanas, formado por três mulheres negras, cantando e encantando com reportório que inclui jazz, samba, soul e composições próprias, além de releituras de Mano Chao, Fat Family e Elza Soares.

Das 16h às 18h, haverá panfletagem pelos servidores do Centro de Referência da Diversidade Sexual, Religiosa e Racial (CREAS Diversidade) para a divulgação de suas ações. O CREAS Diversidade (antigo NUDIN) realiza serviços de mobilização e promoção do respeito à diversidade (sexual, étnico-social, religiosa). Oferece serviços de inclusão em programas sociais, mediação de situação de conflitos e violência e atendimento socioassistencial. Disponibiliza, ainda, espaço de convivência e oficinas educativas para a população em situação de vulnerabilidade e violação de direitos.

Serviço
Dia Internacional de Combate à Discriminação Racial
Data: 21/03
Local: Estação Central (Rodoviária)

Programação:
11h às 12h: Seletores Biofá e Antony C, do Grupo UPRETO Soundsystem
12h às 12h30: Assinatura de Termo de Cooperação entre o Metrô e a Sedestmidh
12h30 às 13h: Apresentação do Grupo de Capoeira Raízes do Brasil (Mestre Zezinho)
13h às 14h: Grupo Musical Turbanas
16h às 18h: Panfletagem pelos servidores do CREAS Diversidade para a divulgação do Centro, seus serviços e ações.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>