NOTÍCIAS


A pesada missão de levantar o trem

19

jul 2016

A pesada missão de levantar o trem

Prova do curso de especialização do Grupo de Buscas e Salvamento do Corpo de Bombeiros do DF é realizada no Pátio Águas Claras do Metrô-DF. Na tarde de ontem (16/7) alunos, entre soldados, cabos, sargentos e tenentes, enfrentaram a missão de colocar duas almofadas sob um carro de um dos trens do Metrô-DF, de 40 toneladas, amparadas e ajustadas por pedaços de madeira, e injetar ar comprimido. É o treinamento adotado para elevação de cargas, feitos em caminhões e carretas.


Parceria com a iniciativa privada viabilizará abertura de estação do metrô

14

jul 2016

Parceria com a iniciativa privada viabilizará abertura de estação do metrô

O objetivo é concluir as obras da Estação Estrada Parque, em Águas Claras, e construir centro comercial no local. O Metrô-DF espera aval do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) para lançar o edital de licitação para concluir as obras do local – paradas por falta de recursos – e promover a construção de um centro comercial na área. Cerca de 30 mil pessoas – sendo 10 mil estudantes universitários – serão beneficiadas. O Conselho Gestor de Parcerias Público-Privadas do governo de Brasília já autorizou o avanço do procedimento.


Em busca da qualidade do sistema

13

jul 2016

Em busca da qualidade do sistema

Um trabalho inovador para o controle de falhas, desenvolvido pela equipe de Manutenção da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), foi selecionado para a 22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária, que será realizada em São Paulo, de 13 a 16 de setembro. O engenheiro Marcos Tadeu Coto Silva, um dos autores, representará a equipe. O evento é uma iniciativa da Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Metrô (AEAMESP-SP) em parceria com a Associação Nacional dos Transportadores sobre Trilhos (ANPTrilhos) e Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).


Nota sobre a greve dos metroviários

05

jul 2016

Nota sobre a greve dos metroviários

A Primeira Seção Especializada do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT10) julgou, nesta terça-feira (5), a legalidade da greve dos metroviários, iniciada no dia 14 de junho. A categoria, no entanto, deve manter o serviço funcionando nos horários de pico (6 às 9h e 17 às 20h30), de segunda a sábado, com 24 estações e 24 trens, bem como 62 pilotos, 104 agentes de estação, 52 seguranças e 8 controladores, sob pena de multa diária de R$ 100 mil. A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) vai analisar a decisão judicial. A empresa lamenta os transtornos causados com a paralisação e explica que o governo de Brasília está impedido de reajustar os salários e de contratar os aprovados no último concurso em razão do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A direção do Metrô continua aberta para negociar com os metroviários e evitar que a população seja ainda mais prejudicada com a greve, que já dura 22 dias.


Metrô-DF divulga nota oficial sobre falha em trem na manhã desta quarta-feira (22)

22

jun 2016

Metrô-DF divulga nota oficial sobre falha em trem na manhã desta quarta-feira (22)

O Metrô-DF informa que um trem apresentou falha elétrica nas proximidades da Estação Arniqueiras, às 8h35. Essa falha provocou o desligamento da energia na área, não oferecendo riscos aos usuários. O sistema voltaria a funcionar em seguida. No entanto, foi acionado o botão de emergência, o que causou pânico. Muitos usuários quebraram vidros e desceram dos carros, entre as estações Arniqueiras e Guará. O Metrô precisou desligar a energia de todas as vias, como medida de segurança, para evitar acidentes. O Corpo de Segurança Operacional foi acionado para retirar os usuários das vias e, por volta das 9h30, o sistema voltou a circular para transportar aqueles que ainda estavam nas plataformas e nos trens. Não houve incêndio – apenas fumaça – e não há registros de feridos.


Justiça do Trabalho determina operação do Metrô-DF com 24 trens em 24 estações nos horários de pico

15

jun 2016

Justiça do Trabalho determina operação do Metrô-DF com 24 trens em 24 estações nos horários de pico

No início da tarde desta terça-feira (14), a Justiça do Trabalho determinou ao SindMetrô/DF que, enquanto durar a greve, sejam mantidos os serviços mínimos e que, nos horários de pico (das 6h às 9h e das 17h às 20h30), haja empregados suficientes para operar 24 trens em 24 estações. Também foi marcada audiência de conciliação entre os empregados e empresa para amanhã, quinta-feira (16), às 10h. A decisão já está sendo cumprida pelos empregados do Metrô-DF, que estão mantendo as 24 estações abertas durante os horários de pico.


Linhas de ônibus ganham reforço durante greve dos metroviários

15

jun 2016

Linhas de ônibus ganham reforço durante greve dos metroviários

Passageiros do transporte público de Brasília contam com 45 ônibus extras enquanto durar a greve dos metroviários, iniciada nesta terça-feira (14). De acordo com o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), o reforço ainda poderá passar por ajustes, a depender da necessidade. O esquema especial foi montado para atender as regiões administrativas afetadas pela paralisação dos funcionários da Companhia do Metropolitano (Metrô-DF).



Page 21 of 129« First...10...1920212223...304050...Last »